Venha interagir e aprender sobre ferramentas de gestão, tecnologias inovadoras e estratégias para melhorar a qualidade de vida da população, promover a saúde pública e impulsionar a sustentabilidade socioambiental

Antes de se inscrever, atente-se as condições

Apresentação

A estimativa de investimento para universalização do saneamento ambiental em nosso país considerando a drenagem e gestão de bacia hidrográfica, o abastecimento de água para consumo, a coleta e tratamento de esgotos, o manejo e gestão dos resíduos sólidos, ultrapassa a cifra de um trilhão de reais.

Sancionada em julho de 2020, a Lei Federal nº 14.026 tem sido chamada de o novo Marco Legal do Saneamento. É importante salientar, porém, que o país já contava com um Marco Legal do Saneamento – a Lei nº 11.445/2007, que não foi revogada pela nova lei, mas alterada e muito dos conceitos se mantém, mas agora sobre uma nova estrutura – eixos estruturantes -, com metas de universalização no texto da lei e um forte incentivo à regionalização da gestão do saneamento básico.

A relação regulatória entre a ANA e o setor de saneamento atingirá um novo patamar, já que a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico passará a editar normas de referência. Estas regras de caráter geral deverão ser levadas em consideração pelas agências reguladoras de saneamento infranacionais (municipais, intermunicipais, distrital e estaduais) em sua atuação regulatória.

Grande parte dos municípios brasileiros conseguiu avançar no encerramento dos lixões e na implantação de aterros sanitários, além de terem desenvolvido novos modelos de gestão que permitem uma aproximação da sustentabilidade econômica, social e ambiental no setor do saneamento ambiental. Porém, ainda há milhares de lixões em atividade em nosso país e inúmeras cidades, sobretudo médias e pequenas, sem um sistema eficiente, responsável e sustentável de limpeza urbana, de manejo e gestão de resíduos.

A primeira Conferência Internacional Saneamento Ambiental e Gestão de Resíduos Sólidos de Manaus, que será realizado entre 02 e 05 de Abril de 2024 no auditório Berlarmino Lins, na Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas em Manaus, busca dialogar com os diversos atores sobre este tema, levando em conta a conjuntura do novo marco do saneamento, a realidade local e regional, os gargalos, as experiências nacionais e internacionais bem e mal sucedidas e os desafios para universalização do saneamento, para o encerramento dos lixões e a adoção de mecanismos e ferramentas capazes criar valor e sustentabilidade na cadeia dos resíduos.

O conceito e propósito é trazer para o debate profissionais com interesse em refletir e interagir sobre as ferramentas de gestão, o planejamento setorial, as tecnologias experimentadas, a regulação dos contratos de prestação de serviços, a sustentabilidade econômico financeira, a modelagem tarifaria e os mecanismos de cobrança, o financiamento, as melhores praticas e infraestruturas operacionais convergindo para a melhoria da qualidade de vida da população, para a promoção da saúde pública, para a racionalidade econômica e valorização das condições socioambientais.

Objetivos

  • Discutir o novo Marco do Saneamento, e seus impactos no saneamento ambiental, na limpeza pública e na gestão dos resíduos sólidos urbanos;
  • Apresentar experiências bem-sucedidas nacionais e internacionais como fonte de inspiração para os profissionais do setor, técnicos, dirigentes, gestores públicos e privados;
  • Estimular o debate técnico sobre tecnologias operacionais adaptadas à realidade brasileira, inovação, pesquisa e desenvolvimento;
  • Promover o debate técnico, jurídico e econômico sobre a modelagem econômico-financeira de concessões e PPP, e sobre a cobrança pela prestação do serviço;
  • Apresentar infraestruturas operacionais de tratamento e valorização de resíduos sólidos urbanos e industriais;
  • Fortalecer a cadeia produtiva da reciclagem, sobretudo as associações de catadores, pequenas e médias empresas atuantes no setor;
  • Debater a implementação da logística reversa de fluxos específicos de resíduos com ênfase em procedimentos e sistemas de controle auditáveis e pagamento dos créditos de reciclagem;
  • Apresentar tecnologias reconhecidas e comprovadas de tratamento de águas, de esgotos domésticos e efluentes industriais;
  • Refletir sobre sugestões de melhorias nas políticas públicas na área do saneamento ambiental e da gestão dos resíduos em Niterói, no Estado do Rio de Janeiro e no Brasil.

Publico
Alvo

  • Ministros de Estado;
  • Governadores e Secretários Estaduais;
  • Prefeitos e Secretários Municipais;
  • Presidentes e membros de Consórcios Públicos;
  • Técnicos, gestores e dirigentes de administrações públicas;
  • Parlamentares, membros do Ministério Público e dos Tribunais de Contas;
  • Técnicos e dirigentes das concessionárias de saneamento, das empresas municipais de limpeza pública e das concessionárias de gestão de resíduos;
  • Técnicos e dirigentes de Agências Reguladoras;
  • Empresários, executivos, consultores e profissionais do setor;
  • Acadêmicos, professores, pesquisadores, especialistas e estudantes;
  • Consórcios Públicos de Saneamento e de Resíduos Sólidos.

Planejamento e Organização

Com mais de uma década de atuação, a LAVORO se destaca no mercado com soluções corporativas e ambientais customizadas e inovadoras, ao executar serviços de qualidade em gerenciamento empresarial, consultoria especializada e inteligência estratégica.

Na área da produção e organização de eventos no setor dos negócios do ambiente, a LAVORO realizou ao longo dos últimos anos seminários, conferências e workshops sobre boas práticas de operação de aterros sanitários, tecnologias em tratamento de chorume e biogás e indicadores de sustentabilidade financeira na gestão dos RSU.

Um dos destaques é a bem-sucedida iniciativa Benchmarking Internacional Resíduos Sólidos, que realiza sua 16.ª edição em Portugal em dezembro de 2023 e, recentemente, em março deste ano, levou vinte e um brasileiros à sua primeira edição na Suíça.

Programação Indicativa

Sujeita a confirmação

02 de Abril de 2024

Terça-feira
13h00 Recepção e Credenciamento

 

14h00 Abertura do Simpósio

Local: Auditório Belarmino Lins (ALEAM) ou Auditório do TCE-AM
Chefe de Cerimônia: indicação da Prefeitura de Manaus

Composição da Mesa de Abertura (a confirmar)
  • Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA)
  • Ministério das Cidades (MCID)
  • Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MDR)
  • Governador do Amazonas
  • Prefeito de Manaus
  • Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM)
  • Procurador-Chefe do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM)
    Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM)
  • Presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM)\
  • Presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM)
  • Banco Mundial (BM)
  • Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)
  • Caixa Econômica Federal (CEF)
  • Banco do Brasil (BB)
  • Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)
15h30 Painel de Abertura

Financiamento e crédito para universalização da prestação dos serviços públicos de água e esgoto e de gestão de resíduos sólidos urbanos no Brasil

Palestrantes

Jader Barbalho Filho -– Ministro das Cidades (20’)
Representante do Banco Mundial (20’)
Júlio Pinheiro – Conselheiro do TCE-AM (20’)

Debatedores

Representante do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) (10’)
Representante da Caixa Econômica Federal (10’)
Representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) (10’)

Moderador

Tadeu de Souza Silva – Vice-Governador do Estado do Amazonas


Intervalo do café (15’)

 

17h30 Palestra Magna 

“O planejamento, a evolução, a organização do setor do saneamento ambiental e da gestão de resíduos em Portugal como uma inspiração para o Brasil”

Palestrante

Carlos Martins – Presidente da Empresa Pública de Águas de Lisboa (EPAL) e ex-Secretário de Estado do Ambiente e da Transição Energética de Portugal

19h00 Encerramento e Coquetel de Confraternização

03 de Abril de 2024

Quarta-feira
8h00 Credenciamento e café da manhã
 
8h30 1° Painel

Modelagem econômica, financeira e tarifária: a Regulação da cobrança pela prestação dos serviços públicos de saneamento básico, da limpeza pública e da gestão dos resíduos sólidos urbanos

10h00 Perguntas (30’)
 
10h30 Intervalo do café (15’)
 
10h45 2° Painel

Gestão de Fluxos Específicos de Resíduos e Logística Reversa no Brasil e na Europa

12h15 Perguntas (30’)

 

12h45 Intervalo do Almoço (75’)
14h00 3° Painel

Encerramento, monitoramento e remediação ambiental de lixões: Projeto de engenharia, controle e operação de aterro sanitário, transporte e transbordo

15h45 Perguntas (30’)
 
16h15 Intervalo do café (15’)
 
16h30 4° Painel

Consórcios Públicos de Saneamento Ambiental e Consórcios Intermunicipais de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos: Modelagem Técnica, Econômica e Operacional

18h30 Perguntas
 
19h00 Encerramento do segundo dia
 
 

04 de Abril de 2024

Quinta-feira
8h00 Credenciamento e café da manhã (30’)

 

8h30 5° Painel

O planejamento setorial como ferramenta básica para organização e estruturação do setor do saneamento ambiental e da gestão dos resíduos sólidos urbanos

10h00 Perguntas (30’)
 
10h30 Intervalo do café (15’)

 

10h45 6° Painel

Controle de perdas e fugas, hidrometração, valorização de lodos e tecnologias eficientes aplicadas ao saneamento ambiental

12h15 Perguntas (30’)

 

12h45 Intervalo do Almoço (120’)
 
14h00 7° Painel

Hidrogênio Verde, mudanças climáticas e a transição energética para sociedades de baixo carbono

15h45 Perguntas (30’)

 

16h15 Intervalo do café (15’)

 

16h30 8° Painel

Cenário do Abastecimento de Água, Coleta e Tratamento de Esgoto e Gestão de Resíduos Sólidos em Manaus

18h30 Perguntas (30’)

 

19h00 Encerramento do terceiro dia  
 

05 de Abril de 2024

Sexta-feira
8h00 Credenciamento e café da manhã (30’)

 

8h30 9° Painel

Panorama da reutilização e reciclagem de resíduos sólidos em Manaus

10h00 Perguntas (30’)

 

10h30 Intervalo do café (15’)

 

10h45 10° Painel

Gestão de resíduos e efluentes industriais no Polo Industrial de Manaus

12h30 Perguntas (30’)

 

13h00 Agradecimentos, encerramento e Almoço de confraternização
 
Venha interagir e aprender sobre ferramentas de gestão, tecnologias inovadoras e estratégias para melhorar a qualidade de vida da população, promover a saúde pública e impulsionar a sustentabilidade socioambiental
Promoção
Produção e Realização
Apoio Institucional

Para esclarecimentos e maiores informações:
21 2508-6154 | 21 97261-2637 | 21 99899-2835 | CONTATO@LAVORO-SOLUTIONS.COM